Gestão Santé: Hospital Regional de São Miguel do Oeste é o único 100% SUS na Região Sul do Brasil com ONA Nível II

No Brasil, são 20 hospitais públicos acreditado Pleno, em um total de 123 unidades

Em um universo de mais de 8.000 hospitais no Brasil, apenas 123 são “Acreditado Pleno” pela Organização Nacional de Acreditação (ONA). O Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, de São Miguel do Oeste, está entre as 20 unidades hospitalares públicas no país com este reconhecimento, sendo o único 100% SUS na Região Sul e em Santa Catarina. Na presença de autoridades, colaboradores e convidados, foi celebrada, nesta quarta-feira, 22, a conquista da Certificação ONA Nível II pelo Instituto Santé – Hospital Regional Terezinha Gaio Basso.

A certificação ONA atesta a qualidade dos serviços prestados, refletindo o esforço coletivo de toda a equipe. Ela representa um marco na trajetória do Hospital, evidenciando o comprometimento com cuidados seguros, humanizados e uma gestão eficiente.

“Esse reconhecimento é de toda equipe e quem ganha é a comunidade, o paciente que é atendido aqui no Hospital. As pessoas, talvez não tenham ideia da dimensão dessa conquista, mas é importante destacar que para o alcance da acreditação Plena todos os processos e protocolos da Unidade passaram por uma rigorosa avaliação”, destaca o presidente do Instituto Santé, Tércio Egon Paulo Kasten, que prestigiou o evento de entrega. 

“O cerimonial incluiu a entrega simbólica do certificado que representa o compromisso de cada profissional que integra o HRTGB e a boa gestão de recursos públicos”, disse o diretor Geral do Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, Rodrigo Lopes. 

O HRTGB é uma unidade do Governo do Estado de Santa Catarina, com atendimento 100% SUS e administrado pelo Instituto Santé. O Santé está à frente da gestão da Unidade desde 2015 e conquistou a acreditação da ONA Nível I em 2020, com renovação a cada 2 anos. E agora, em 2024, avançou nos processos e alcançou o acreditado Pleno.

Dentre as autoridades, também estavam presentes o diretor Executivo do Instituto Santé, Jeferson Gomes, a representante da Regional de Saúde, Andreia Lopes, o diretor técnico do Hospital, Cássio Nakano, além de diretores da região Oeste de unidades com gestão Santé.