Os projetos do Instituto Santé buscam alcançar os mais diversos espaços da vida social, dimensionando o problema da violência doméstica contra a mulher e promovendo ações para mudanças culturais, sociais e educativas.

Nas instituições geridas pelo Instituto Santé em média 80% da força de trabalho são mulheres, totalizando aproximadamente 900 colaboradoras. Ao desenvolver ações de conscientização e prevenção à violência doméstica contra a mulher e suas consequências no desenvolvimento das atividades profissionais, não só será possível ajudar a proteger nossas funcionárias, mas também todas as mulheres conectadas ao núcleo familiar.

Impactar positivamente a sociedade onde atua já está no DNA do Instituto Santé e a caminhada que iniciaremos pela defesa e proteção das mulheres trará benefícios imensuráveis na vida daquelas que hoje sofrem qualquer tipo de violência e não se sentem acolhidas, amparadas e seguras para romper a barreira da vergonha, do medo, do preconceito e principalmente do silêncio, abdicando muitas vezes até mesmo da defesa da própria vida.

Gestão

Nosso Canal Virtual está disponível para você, colaboradora que precisa manifestar alguma situação de violência doméstica.

Desenvolvimento Profissional

Confira os materiais que preparamos para você!

Escritório de Projetos

Mensalmente são desenvolvidos nas nossas Unidades, eventos e rodas de conversa que nossas colaboradoras poderão participar.

CANAL VIRTUAL DE APOIO
INSTITUCIONAL

Nosso Canal Virtual está disponível para você, colaboradora que precisa de informações sobre violência doméstica.

Estamos aqui para acolher você!

Clique aqui para iniciar um conversa pelo Whats App
OU
Posicione a câmera do seu celular para o QrCode ao lado.

Cartilhas

Confira os materiais que preparamos para você!

Eventos

Mensalmente são desenvolvidos nas nossas Unidades, eventos e rodas de conversa que nossas colaboradoras poderão participar.

Confira o cronograma:

1. Lançamento oficial do projeto que será online e simultâneo para todas as unidades com discurso de abertura do presidente do Instituto Santé;
2. Apresentação do projeto e divulgação da primeira cartilha temática;
3. Aplicação de questionário sobre violência doméstica para todos os colaboradores, que além de fornecer indicadores para medir o conhecimento sobre a temática servirá para que reflitam sobre o assunto;
4. Realização de palestra presencial em cada unidade com profissional ligado ao tema e que aborde o combate à violência doméstica de forma geral;
5. Realização de roda de conversas “Falas Libertadoras” que terá a finalidade de refletir sobre a temática e identificar os tipos de violências, suas consequências e onde buscar ajuda.

1. Realização de palestra sobre os tipos de violências domésticas;
2. Decoração temática nas unidades sobre os tipos de violências domésticas;
3. Divulgação de cartilha temática sobre os tipos de violência doméstica;
4. Realização de roda de conversas “Falas Libertadoras” com a realização da dinâmica “O Verdadeiro Valor”. 

1. Realização de palestra sobre o ciclo da violência doméstica;
2. Decoração temática nas unidades sobre o ciclo da violência doméstica;
3. Divulgação de cartilha temática sobre o ciclo da violência doméstica;
4. Realização de roda de conversas “Falas Libertadoras” com a realização da dinâmica “A Escada”. 

1. Realização de palestra sobre a rede pública de apoio;
2. Decoração temática nas unidades sobre a rede pública de apoio;
3. Divulgação de cartilha temática sobre a rede pública de apoio;
4. Realização de roda de conversas “Falas Libertadoras” com a realização da dinâmica “Sentimentos Coloridos”. 

1. Realização de palestra sobre quando buscar ajuda;
2. Decoração temática nas unidades sobre quando buscar ajuda;
3. Divulgação de cartilha temática sobre quando buscar ajuda;
4. Realização de roda de conversas “Falas Libertadoras” com a realização da dinâmica “Valores”. 

1. Realização de palestra sobre quando se aplica e quem tem direito às medidas protetivas;
2. Decoração temática nas unidades sobre medidas protetivas;
3. Divulgação de cartilha temática sobre as medidas protetivas;
4. Realização de roda de conversas “Falas Libertadoras” com a realização da dinâmica “Eu sou Alguém”. 

1. Realização de palestra sobre autoestima e valorização pessoal;
2. Decoração temática nas unidades sobre autoestima e valorização pessoal;
3. Divulgação de cartilha temática sobre autoestima e valorização pessoal;
4. Realização de roda de conversas “Falas Libertadoras” com a realização da dinâmica “O Espelho”;
5. Parcerias com salões de beleza e comércios de venda de produtos de beleza para realização do “Dia da Beleza”, com cortes de cabelos, aulas de maquiagem, tratamento de pele, etc. 

1. Realização de palestra sobre o que acontece após a denúncia;
2. Decoração temática nas unidades sobre o que acontece após a denúncia;
3. Divulgação de cartilha temática sobre o que acontece após a denúncia;
4. Realização de roda de conversas “Falas Libertadoras” com a realização da dinâmica “Carta a si Própria”. 

1. Realização de palestra sobre as plataformas digitais de apoio às vítimas de violência doméstica;
2. Decoração temática nas unidades sobre plataformas digitais de apoio às vítimas de violência doméstica;
3. Divulgação de cartilha temática sobre plataformas digitais de apoio às vítimas de violência doméstica;
4. Realização de roda de conversas “Falas Libertadoras” com a realização da dinâmica “Auto Estima”.

1. Realização de palestra sobre os resultados do projeto com realização de encerramento com o presidente do Instituto Santé;
2. Decoração temática nas unidades sobre os resultados do projeto;
3. Divulgação de cartilha temática sobre os resultados do projeto;
4. Realização de roda de conversas “Falas Libertadoras” para discussão dos impactos ocasionados pela realização do projeto.  

video lectures